6 tipos de válvulas industriais e suas aplicações

Ferramenta essencial em todo tipo de segmento de atuação, hoje podemos encontrar diversos tipos de válvulas industriais no mercado, cobrindo as mais variadas necessidades das empresas.

Como função primária ao controle do fluxo regulatório de um fluido, seja ele na forma de gases, líquidos, polpas e outros materiais, resumidamente, elas se abrem e fecham sobre a entrada e saída das tubulações, dando vazão, ou não, aos produtos.

O controle de pressão também é outra importante função entre alguns modelos, como válvulas pneumáticas, solenoides, hidráulicas e manuais, podendo também monitorar mudanças de temperatura e fluxo.

Com tamanha importância e com tantas diferentes formas de atuação, é de grande valia identificar os melhores modelos, assim como entender mais de suas aplicações. Por isso, neste post, vamos explicar um pouco mais sobre seis dos principais modelos do mercado. Acompanhe!

1. Válvula Gaveta

Os modelos gaveta são um dos tipos de válvulas industriais mais comum no mercado. Eles se abrem levantando uma “porta” no sentido contrário ao fluido e se destinam a ser usadas totalmente abertos ou fechados; usados ​​regularmente como uma válvula de bloqueio para isolar sistemas de tubulação.

Quando aberta, não há obstrução no caminho do fluxo, resultando em pouca perda de fricção e, por esse motivo, são usados quando é desejado um fluxo linear e com uma restrição mínima.

Eles podem ser controlados por um volante manual, diafragma a ar, motor elétrico ou um atuador pneumático.

2. Válvula Globo

As válvulas globo são usadas para regular o fluxo em uma tubulação, em oposição à função “tudo ou nada” da válvula gaveta. Esse modelo atua através de um disco móvel (ou tomada) em relação ao assento do anel estacionário.

Essa opção pode ser com portas que correm diretamente ou então com acionamentos angulares. As versões alimentação em ângulo é comumente usada para fluidos viscosos corrosivos ou espessos, que tendem a se solidificar. Ter saídas em uma válvula com a alimentação inclinada, apontando para baixo, ajuda o fluido a ser drenado, evitando obstruções e corrosão.

3. Válvula Borboleta

A válvula borboleta também é projetada para regular o fluxo, mas com capacidade de controle limitada. Esse é um dos tipos de válvulas industriais mais simples, além de serem facilmente operados girando uma alça a 90 graus.

Dependendo da forma de aplicação e do tipo de fluido da linha onde for instalada, ela pode sofrer corrosões, porém, com o avanço da tecnologia da construção dos componentes, ela vem já vem trazendo melhorias antibolhas.

4. Válvulas de Retenção

As válvulas de retenção, também conhecidas como NRVs (válvulas de não retorno), permitem que o fluido vá apenas em uma direção. Seu objetivo é evitar o refluxo. Existem vários tipos de “bloqueadores” que impedem o refluxo nesse tipo de instrumento.

As retenções de bola e as válvulas de retenção de pistão, por exemplo, funcionam exigindo uma quantidade mínima de pressão de fluxo de entrada; se o fluxo de retorno não é suficientemente forte para levantar a bola ou o pistão, há retorno no sentido inverso.

Já o fluxo em uma válvula de retenção de balanço empurra os componentes através de uma aba articulada que só abre em uma direção, garantindo que o fluido não volte.

5. Válvula de Alívio

A válvula de alívio, também conhecida como válvula de segurança, é montada e instalada para estabelecer um limite na quantidade de pressão em um sistema. Esse tipo trabalha com alimentação em ângulo e serve estritamente para prevenir a sobre pressão que pode causar danos ao sistema.

6. Válvula Guilhotina

O último dos nossos principais tipos de válvulas industriais é a chamada guilhotina. Esse modelo é um dos mais usados em fluxos com muitas impurezas ou com altos índices de corrosão. Bastante aplicado na área de mineração, em linhas de polpa, pertence ao grupo de “válvulas de bloqueio”, ou seja, trabalha apenas totalmente aberta ou fechada, não servindo para regulagem.

A partir desses seis modelos que apresentamos, é possível cobrir grande parte das necessidades da indústria em suas variadas linhas e fluidos e pressão. Você também pode acompanhar muitas outras notícias em nosso canal. Para isso, siga nossa página do Facebook e acompanhe outras novidades!