Qual o papel das válvulas de controle usadas na indústria química?

As válvulas de controle são instrumentos que operam com o objetivo de monitorar certas condições, incluindo fluxo, pressão, temperatura e nível dos líquidos. Elas funcionam abrindo ou fechando em sua capacidade total ou parcial em resposta a determinados critérios. Geralmente funcionam por meio do uso de sinais programados para ter um ponto de ajuste para uma variável predeterminada.

Uma válvula de controle é composta por três partes principais: o atuador, o posicionador e o corpo. Além disso, existem vários tipos e modelos, dependendo da aplicação.

Válvulas de controle para reações químicas em geral

Como o uso de produtos químicos, especialmente perigosos, é um processo tão preciso, a válvula de controle deve frequentemente cumprir altos padrões. Elas geralmente são atuadas eletronicamente, hidraulicamente, pneumaticamente e, em alguns casos, manualmente por operadores treinados. Também são usadas para adicionar uma dosagem controlada de produtos químicos a outros compostos.

Em muitos casos de processamento químico, as válvulas de controle devem operar em ambientes extremamente severos. Projetadas para lidar com condições acidas, corrosivas, abrasivas ou perigosas, é necessário que atendam ou até excedam a ASME B16.34 (norma internacional para válvulas) ou especificações relacionadas.

Também é essencial que esses instrumentos sejam bem construídos e funcionem adequadamente para garantir um processo preciso, evite danos ao equipamento circundante contra vazamentos e, o mais importante, para manter meios perigosos dentro do sistema e garantir a segurança das pessoas.

Aplicações das válvulas de controle

As válvulas de controle para áreas químicas são frequentemente encontradas, mas não limitadas a essas indústrias:

·         agricultura;

·         biocombustíveis;

·         construção;

·         processamento de alimentos e bebidas;

·         mineração;

·         óleo e gás;

·         farmacêutico;

·         papel e celulose;

·         tratamento de esgoto;

·         lama;

·         tratamento de água e águas residuais.

Válvula esfera: uma das mais usadas em indústrias químicas

Como os produtos altamente corrosivos e meios puros são manipulados constantemente no setor químico, havendo diferentes sólidos em área de suspensão e misturas nos vários processos, há a grande necessidade de uma válvula de alta qualidade em todos os processos.

Assim, um modelo que vem sendo muito aplicado para esse setor é a Válvula Esfera. Com acessórios de qualidade superior e alta durabilidade, ela ajuda com que os processos sejam feitos de forma mais eficiente, sem risco de exposição a fluidos perigosos ou gases. Com essas características, elas asseguram a manutenção rápida e fácil dos processos.

As válvulas de esfera estão disponíveis em versões de duas e três vias e também possuem uma ampla gama de classificações de pressão e temperatura.

Como vimos, mesmo com as diversas especificações e exigências da indústria química, as válvulas de controle, em especial os modelos esfera, podem auxiliar, e muito, nos processos mais complexos das operações. Conte sempre com um projeto adequado e bem estudado antes da compra e com a Casa das Válvulas no fornecimento de todos os modelos necessários para suas montagens.