• +55 (31) 2565-2005 | +55 (31) 9 9342-0024
    comercial@casadasvalvulasmg.com.br

Coqueamento retardado: como a escolha da válvula influencia no processo

Coqueamento retardado: como a escolha da válvula influencia no processo

Coqueamento retardado é um processo industrial de refinaria, utilizado para extrair combustível a partir do carvão e outros recursos naturais. O coque retardado é uma variação do processo do coque tradicional, no qual o carvão é convertido em um subproduto chamado coque.

Nele, normalmente, as temperaturas são um pouco mais baixas em relação ao coque tradicional e o período é mais longo, o que resulta em materiais não somente sólidos, mas líquidos e gasosos.

No coque tradicional, durante a trajetória, o carvão é aquecido e seco a temperaturas extremamente elevadas, e são removidos a água, bem como os materiais de alcatrão e gasosos. O produto então fica mais rígido e denso. E, à medida que o carvão é seco na máquina, as impurezas da água e outros elementos são filtrados, transformando-se em vapor, para então tornarem-se diesel, óleo de aquecimento ou gás propano.

O processo do coque retardado é mais vantajoso em relação ao tradicional, pois a produção é mais refinada, gerando menos desperdício, e pode ser considerado uma forma de reciclagem.

A evolução do coqueamento retardado e as válvulas

Em uma operação que lida com variedade de gases, líquidos e sólidos, somada a pressões e temperaturas de até 550°C, as refinarias precisam constantemente aprimorar seus processos para torná-los competitivos e aumentar os cuidados com segurança.

Diante de um calor intenso, que acompanha a alta volatilidade, o coqueamento retardado é um processo que exige segurança e confiabilidade extremas, e isso está intimamente relacionado à precisão e eficiência das soluções em controle de vazão e pressões e temperaturas variáveis. As válvulas de controle entram como personagens principais nesse quadro.

Caso uma válvula apresente problemas como paradas repentinas, por exemplo, as condições de trabalho se tornarão inseguras e causarão impactos diretos no custo total da operação. Além disso, se projetadas de forma incorreta, farão com que resíduos pesados sejam inseridos nas áreas da esfera/sede ou haste da máquina de coqueamento.

Outro exemplo da qualidade como fator determinante na escolha das válvulas: se o acúmulo de coque estiver obstruindo o movimento correto do componente, o tempo do ciclo aumentará, influindo na eficiência da produção.

É tão séria a participação desse componente, que uma única válvula obstruída é responsável por parar toda uma unidade de coqueamento.

A solução mais assertiva é possuir um controle de vazão desenvolvido para superar condições extremas, com válvulas confiáveis, automatizadas, resistentes a vazamento, ao acúmulo de coque e à erosão, entre outras características que marcam esse processo.

Portanto, é preciso escolher com atenção o fornecedor de válvulas que preze por qualidade e segurança ao comercializar esses componentes.

A Casa das Válvulas compreende essa necessidade e fornece as válvulas corretas para o setor de refinamento. Como o coqueamento retardado é um processo corrosivo e de alta pressão, é fundamental contar sempre com equipamentos especialmente desenvolvidos e preparados para esse tipo de condição adversa.

Para garantir o controle e monitoramento absoluto desta operação, a Casa das Válvulas conta com produtos que atendem às especificações internacionais especiais para condições severas. Conheça nossas soluções.

Deixe uma resposta