8 maneiras de estender a vida útil das válvulas industriais

8 maneiras de estender a vida útil das válvulas industriais

As válvulas industriais são fabricadas para durar muito. No entanto, existem circunstâncias em que estes equipamentos não duram como deveriam. Identificar essas condições pode ajudar a prolongar a vida útil das válvulas industriais.

O desgaste das válvulas industriais é uma ocorrência normal. Mas, com a instalação e manutenção correta, você pode prolongar a vida útil da válvula. Entretanto, soluções paliativas não são algo que garante a longevidade das peças.

Entre tantas maneiras de estender a vida útil das válvulas industriais, três fatores sempre entraram em jogo. Estes são o processo de seleção, o processo de instalação e o processo de manutenção. Escolher o tipo certo de válvula é fundamental para o ciclo de vida da válvula. Os outros dois maximizam as expectativas de vida útil dos equipamentos.

Vamos conhecer agora alguns pontos fundamentais para estender a vida útil das válvulas industriais.

1. Entenda as válvulas industriais

Existem muitos tipos de válvulas em apenas uma operação. O primeiro passo para manter a integridade da válvula para que você possa prolongar sua vida útil é entender como uma válvula específica funciona.

Verifique a etiqueta do fabricante em sua válvula para conhecer as especificações, incluindo o tipo de sistema para o qual o instrumento deve ser usado. Além disso, sempre leia o manual que acompanha as válvulas industriais para saber de que material ela é feita, a faixa de pressão, temperatura e afins.

Por exemplo, as válvulas esfera são usadas apenas para fechamento hermético. A válvula gaveta tem capacidade de regulagem, mas mais propensa a fricção. As válvulas borboleta são leves e boas para isolamento de fluidos, mas há uma tendência de que os substratos permaneçam na válvula. Uma válvula de alívio seria uma ótima opção para regulagem.

Outro ponto é que parte da compreensão de cada válvula é conhecer sua instalação adequada. Saiba que tipo de furo deve ser usado para a válvula se a pressão for uma consideração importante. Se a válvula deve ser aparafusada, soldada ou similares também são fatores importantes. Isso pode significar possíveis vazamentos ou uma vedação apertada.

Considerações técnicas como pressão, direção do fluxo, temperatura, entre outras, também fazem parte da curva de aprendizado. O cálculo do ponto de melhor eficiência (BEP) fornece os valores nos quais as válvulas funcionam na sua melhor forma.

2. Garanta a seleção correta das válvulas industriais

A seleção de válvulas industriais pode ser assustadora, entretanto, essa é uma fase vital para o sucesso. Se você economizar no processo de seleção, poderá escolher a válvula inadequada. Isso pode significar uma perda potencial.

Uma das principais causas de vazamento é o modelo ou material incorreto da válvula em relação ao fluido. A longo prazo, a válvula errada perderia seu desempenho ideal. Isso significaria perda para todo o processo.

O que você deve fazer é saber as respostas para estas perguntas:

  • Qual é a natureza do fluido?
  • Qual é sua faixa de temperatura?
  • Qual é a faixa de pressão adequada?
  • A válvula ficará normalmente na posição aberta ou ficará fechada?

Para evitar que os fabricantes de válvulas indiquem a válvula errada, sempre revise as especificações e sempre faça as perguntas certas.

3. Garanta a instalação adequada

A instalação adequada começa na manutenção das válvulas após a entrega. As válvulas podem sofrer danos por corrosão causada por negligência, especialmente quando as válvulas são deixadas descobertas.

Outro problema comum no armazenamento é a remoção das tampas de extremidade que atuam como proteção para as peças internas da válvula. Quando estas são removidas, as chances são de que corpos estranhos possam entrar na válvula. Estes podem causar danos às sedes assim que a válvula se tornar operacional. Uma vez que os assentos são danificados, há um alto potencial de vazamento.

Além disso, a válvula deve ser inspecionada completamente antes de ser instalada no sistema. Isso é para garantir que o corpo e os componentes não sejam danificados durante o transporte.

4. Mantenha as válvulas limpas

Para que as válvulas industriais durem mais, é imprescindível que sejam limpas pelo menos uma vez por ano ou se necessário, principalmente quando a planta for especialmente suja. Use equipamento adequado como pano, lubrificante ou escovas de aço para limpar o corpo da válvula e componentes como as roscas da haste, pinos, porcas e similares.

Também é importante que as válvulas sejam devidamente limpas antes de instalá-las no sistema de tubulação. Dessa forma, elas não conterão contaminantes que possam prejudicar não apenas a válvula, mas também o fluido que passará por ela.

5. Revista as válvulas industriais sempre que necessário

Em algumas aplicações que contêm meios corrosivos ou que requerem alta pressão e temperatura, o revestimento das válvulas com revestimentos térmicos pode aumentar muito a vida útil dos equipamentos. Os revestimentos térmicos devem usar o processo de oxi-combustível de alta velocidade, pois eles provaram ser ótimos no revestimento das válvulas.

6. Faça check-ups regulares

É verdade que as válvulas industriais devem ser verificadas regularmente. Embora essa tarefa possa ser tediosa, é uma obrigação. Para válvulas esfera e outras válvulas relacionadas, ao fazer isso, você garante que elas estejam livres de danos e ainda mantenham o fechamento hermético. As válvulas de regulagem precisam ser verificadas quanto a danos por fricção.

Como regra geral, as válvulas usadas vigorosamente devem ser substituídas dentro de seis meses de uso. No entanto, para aplicações críticas, as válvulas devem ser verificadas a cada três meses. Essas verificações devem incluir a verificação de vazamentos, corrosão e peças defeituosas.

Durante as verificações regulares, você encontraria rachaduras, cortes e até vazamentos na válvula. Tais ocorrências são normais quando as válvulas são frequentemente utilizadas ao longo do tempo.

7. Monte um cronograma de manutenções preventiva

Se as válvulas industriais não forem resistentes à corrosão, use produtos que evitem o aparecimento de corrosão que poderia danificar a válvula. Uma simples aplicação mensal de um lubrificante de uso geral pode fazer maravilhas e potencialmente aumentar a vida útil da válvula. No entanto, tome nota do lubrificante a ser usado conforme sugerido pelos fabricantes de válvulas.

Além disso, a manutenção preventiva deve começar com a garantia de que o material usado na fabricação da válvula corresponda à folha de especificações fornecida ao usuário final. Além disso, parte da manutenção preventiva é certificar-se de que as válvulas são lubrificadas regularmente.

Devem ser realizados testes regulares para que haja uma detecção precoce de possíveis vazamentos e afins. Embora isso possa ser visto como uma opção cara, uma das melhores maneiras de aumentar a vida útil das válvulas industriais é realizar testes de vazamento.

8. Conte com usinagem de campo

Quando as válvulas são usadas repetidamente, a capacidade de vedação das conexões se desgasta. Para garantir que as válvulas não vazem nos flanges sem ter que remover a válvula do sistema, é utilizada a usinagem em campo.

Em suma, ao conhecer a natureza da válvula em particular, mantê-la livre de impurezas, realizar manutenção preventiva, entre outros, pode aumentar a vida útil das válvulas industriais.

Ficou com dúvidas? A Casa das Válvulas está pronta para lhe atender e orientar sobre qual é o modelo mais assertivo para a sua operação a fim de não ter problemas. Entre em contato com nossa equipe através do nosso site e não esqueça de seguir a gente no LinkedIn.

Deixe uma resposta

*