• +55 (31) 2565-2005 | +55 (31) 9 9342-0024
    comercial@casadasvalvulasmg.com.br

5 dicas para não errar na hora de instalar válvulas industriais

5 dicas para não errar na hora de instalar válvulas industriais

Válvulas industriais têm importância fundamental nas instalações hidráulicas. Portanto, é necessário estar atento a critérios essenciais em sua instalação. Componentes como esses, se mal instalados, além de não exercerem sua função básica – controlar, reter e bloquear fluidos – colocam em risco todo o processo.

Pensando nisso, preparamos um artigo objetivo que dará suporte para uma instalação mais assertiva de válvulas industriais. Acompanhe nossas dicas.

1. Fique atento nas formas e tamanhos

Saber para que servem as válvulas, sua forma e tamanho, parece informação óbvia mas o óbvio pode passar despercebido e acarretar prejuízos.

Devido à grande variedade de tipos, é comum surgirem dúvidas na hora da escolha, como válvulas borboleta, globo, esfera, retenção, gaveta, entre outras que controlam fluidos.

Porém, cada uma delas é específica para um determinado contexto. Por exemplo, uma válvula borboleta é mais compacta e usada para controle do movimento rotativo de um fluxo. Então, nesse caso, a tubulação precisará ser condizente a essa forma. Logo, certifique-se sempre sobre o diâmetro.

2. Detalhes que fazem toda a diferença

Independentemente da equipe responsável pela instalação, é preciso estar a par de detalhes tão importantes que, se não executados, colocam em risco a operação e a integridade física das pessoas.

Durante a instalação, a válvula deve estar fechada para que, na soldagem, não caiam sujeiras ou respingos, prejudicando a vedação. Sempre veja também o sentido do fluxo desta válvula, indicado no corpo da peça.

Ainda sobre a montagem, limpe toda a tubulação, a fim de que os detritos sejam eliminados, retirando as proteções das extremidades da válvula. Na hora do encaixe, válvula e tubulação devem estar muito bem alinhadas, para evitar danos no manuseio.

3. Verifique a segurança e a qualidade das conexões e máquinas

Ok, escolhida a válvula certa para a conexão relacionada, e ciente dos detalhes práticos, o próximo passo é certificar-se sobre a máquina. A tubulação precisa estar completamente desligada. Esse procedimento garante a segurança do aparelho.

É importante seguir as instruções de instalação. Os modelos de fábricas diferentes podem variar e pequenas diferenças de procedimentos são importantes nesse processo. Após essa ação, o teste de funcionamento mostrará se a válvula industrial abre e fecha.

4. Avalie a capacitação da equipe de instaladores

Assim como a qualidade das máquinas e componentes, a equipe técnica que executará esse trabalho precisa ser qualificada, seguindo as normas de segurança e testes citados no tópico anterior. O uso de Equipamentos de Proteção Individual – conhecidos por EPI – também é importante na hora do manuseio das peças.

5. Distribuidor certo – uma extensão do processo de qualidade na instalação

As válvulas industriais, se bem instaladas e com profissionais adequados, dificilmente apresentarão problemas. Contudo, esses componentes precisam ser os melhores do mercado, feitos com materiais de qualidade, dimensões corretas e marcas especializadas.

Escolher o distribuidor correto que, não só comercialize as melhores opções do setor, mas dê todo o suporte nesse momento crucial, é uma questão estratégica.

A Casa das Válvulas tem capacidade suficiente para exercer essa tarefa, tanto por seus equipamentos e conexões, quanto por seu corpo técnico de especialistas, dedicados a auxiliá-lo na hora da instalação e durante todo o processo. Conheça nosso portfólio de soluções.

Deixe uma resposta