Como funciona a válvula borboleta com sede resiliente?

Como funciona a válvula borboleta com sede resiliente?

Uma das válvulas mais comumente usadas no sistema de tubulação. Membro da família de um quarto de volta, as válvulas borboleta se movem em um movimento rotatório. O disco da válvula borboleta é montado em uma haste giratória. Quando totalmente aberto, o disco está em um ângulo de 90 graus em relação ao seu atuador. Esta válvula é adequada para grandes fluxos com baixa pressão, bem como meios viscosos com uma grande porcentagem de sólidos.

As características da válvula borboleta incluem:

  • Abertura simples
  • Fácil de instalar
  • De fácil manutenção
  • Barato para instalar
  • Requer menos espaço
  • Menor custo de manutenção
  • Adequado para aplicações de válvula maiores

A forma de categorizar as válvulas borboleta é baseada no projeto da sede. Um desses projetos é ter um assento resiliente. Dito isso, este artigo se aprofunda nos mecanismos da válvula borboleta com sede resiliente. Também aborda as diferenças entre a válvula borboleta com sede de metal e a válvula borboleta com sede resiliente.

Tipos de Válvulas Borboleta

Conforme mencionado anteriormente, as válvulas borboleta são classificadas de várias maneiras. Cada categoria funciona bem com aplicações específicas. Como há mais de uma maneira de classificar as válvulas, você pode personalizar as válvulas borboleta de acordo com sua preferência e aplicação.

Válvulas borboleta por tipo de conexão

Esta classificação é baseada em como a válvula está conectada aos tubos.

Como funciona a válvula borboleta com sede resiliente

Tipo Wafer

Este é o modelo mais econômico e leve. Este projeto visa evitar pressões diferenciais bidirecionais e refluxos. Existem dois flanges que “ensanduicham” a válvula. Eles vedam e conectam a válvula ao sistema de tubulação por meio de parafusos. Para uma vedação mais forte, existem O-rings e juntas hidráulicas colocadas em ambos os lados da válvula.

Tipo Lug

A válvula borboleta do tipo lug possui ressaltos colocados fora e ao redor do corpo da válvula. São frequentemente usadas ​​em serviços de bloqueio ou sistemas de baixa pressão. As alças são rosqueadas. Os parafusos, que correspondem aos dos tubos, conectam a válvula ao tubo.

Flangeada

Este tipo é caracterizado por ter uma face de flange em ambos os lados. É aqui que as válvulas se conectam. Este projeto é típico em modelos de grande porte.

Válvulas borboleta por tipo de alinhamento de disco

Este tipo de classificação é baseado no design da sede e no ângulo em que a sede está fixada ao disco.

Concêntrica

Este é o design mais básico entre os incluídos nesta classificação. Isso também é chamado de válvula borboleta de sede resiliente ou, às vezes, projeto de válvula borboleta de deslocamento zero. A haste passa pelo centro do disco e pela sede. A sede está localizada no diâmetro interno do corpo. Na maioria das vezes, as válvulas de sede macia requerem o design concêntrico.

Bi Excêntrica

Nesse modelo o disco não está alinhado com o centro do corpo e com a válvula inteira. Isso move a sede para fora da vedação durante a operação. Este mecanismo diminui o impacto do atrito no disco de borboleta.

Tri Excêntrica

A Válvula Borboleta Tri Excêntrica, também é conhecida como válvula borboleta de deslocamento triplo. A superfície do assento cria outro deslocamento. Este modelo garante um movimento sem atrito do disco durante a operação. Isso é comum quando os assentos são feitos de metal.

Como funciona a válvula borboleta com sede resiliente

Uma válvula borboleta com sede resiliente é caracterizada por uma haste que é perfurada no disco e fixada na parte inferior da válvula. Na maioria das vezes, as sedes desse tipo de válvula são feitas de borracha, daí o termo resiliente.

Como tal, o disco depende da alta capacidade de contato da sede para um fechamento hermético. Com esse tipo de projeto, o contato entre a sede e a vedação começa a uma volta de 85 graus.

As válvulas borboleta com sede resiliente são feitas em corpo único. Isso aumenta a resistência da válvula e também reduz seu peso. O assento com encosto de borracha facilita a instalação, mesmo quando a válvula borboleta está ao ar livre. Devido à natureza do material, ele tem uma capacidade de vedação confiável.

Como funciona a válvula borboleta com sede resiliente

Para a sede vedar com eficácia, ela deve se encaixar com firmeza e obstruir a borda do disco. Isso torna o disco da válvula borboleta imóvel, fazendo a interrupção do fluxo.

Material da válvula borboleta de sede resiliente

As sedes da válvula borboleta podem ser categorizadas de duas formas: materiais macios ou com sede de metal. A válvula borboleta de sede resiliente pertence à primeira. Usada para aplicações não críticas, tais assentos podem ser feitos de EPDM (etileno propileno dieno terpolímero), BUNA-N, FKM, poliuretano, entre outros.

Diferença entre válvulas borboleta com sede metálica e a com sede resiliente 

Válvulas borboleta de sede resiliente ou concêntricas geralmente são de sede macia. Em comparação, excêntricas são feitas de sedes de metal, com exceção do modelo Bi Excêntrico. Este pode ser de material com sede macia ou metal. Mas em contraste com o projeto de deslocamento duplo, o projeto da válvula concêntrica é mais barato.

Para vedação estanque, sempre há tolerância padrão para as válvulas borboleta com sede de metal. Por outro lado, é sempre vazamento zero para uma válvula borboleta com sede resiliente, a menos que a sede esteja danificada.

Além disso, em projetos com sede resiliente, essas válvulas borboleta são mais tolerantes a um fluido mais espesso. Independentemente dos detritos presos entre os componentes da válvula, a sede ainda pode fornecer a vedação estanque. Também é mais fácil substituir as sedes de assento macio em comparação com as sedes de metal se estiverem danificadas. No entanto, para o projeto de sede de metal, as sedes podem ficar presas na posição se houver detritos entre os componentes internos da válvula.

Aplicações de válvula borboleta com sede resiliente

  • Aplicações de água de resfriamento
  • Serviços de vácuo
  • Aplicações de vapor e água de alta pressão
  • Aplicações de ar comprimido
  • Serviços Farmacêuticos
  • Serviços Químicos
  • Aplicações de óleo
  • Tratamento de água poluída
  • Aplicação de distribuição de água
  • Aplicação de proteção contra incêndio
  • Serviços de abastecimento de gás

Válvulas borboleta para todo tipo de aplicação

Como vimos até aqui, as válvulas borboletas possuem grande importância na indústria. Além disso, elas são muito úteis em diversos setores e também possuem grande benefício nas instalações por serem leves e mais baratas que outros modelos.

A Casa das Válvulas possui em estoque uma variedade de válvulas borboleta. Assim, se você procura por boas soluções que possam ajudar em seus projetos, é possível encontrar com a gente diversos dos maiores e melhores fabricantes do mundo.

Você também pode sempre contar com o apoio de nossa equipe especialistas, para te orientar na escolha do melhor modelo e material!

Deixe uma resposta

*