• +55 (31) 2565-2005 | +55 (31) 9 9342-0024
    comercial@casadasvalvulasmg.com.br

Conheça as conexões Tupy distribuídas pela Casa das Válvulas

Conheça as conexões Tupy distribuídas pela Casa das Válvulas

A Casa das Válvulas é parceira da Tupy na distribuição de conexões. Antes de explicar os três modelos de conexões Tupy (150LBS BSP, 150LBS NPT e 300LBS NPT), cabe falar resumidamente para que servem as conexões de ferro maleável. 

A conexão de ferro maleável é um acessório desenvolvido em ferro fundido e pode ser implantado em diversos sistemas, tendo excelente resistência à tração. Possui extremidade rosqueada para conexão à tubulação, seguindo norma de fabricação de rosca americana ou britânica (NPT ou BSP). Seu acabamento natural é preto, mas pode ser também galvanizado a fogo, o que garante maior durabilidade.

 

Entenda a diferença entre as roscas americanas e britânicas (NPT e BSP)

A rosca BSP é recomendada para instalações domiciliares, prediais, assim como Industriais. Ela só pode ser usada em tubos nos quais os diâmetros externos sejam iguais aos recomendados pela norma 5580 (DIN 2440/2441). Existem dois submodelos: BSPT e BSPP.

  • BSPT (British Standard Pipe Thread): possui um ângulo entre o pico da rosca de 55 graus. A aplicação do veda-rosca é necessário para selar o encaixe macho e fêmea.
  • BSPP (British Standard Pipe Parallel): é um encaixe de rosca paralela, que utiliza um anel de vedação para fazer a selagem. Este anel é prensado no meio do encaixe macho e a face do encaixe fêmea, sendo espremido no local. O maior inconveniente é que um aperto maior pode danificá-lo, ocasionando o vazamento.

As conexões NPT têm uma rosca cônica em cunhas para a conexão fêmea. Elas

vedam devido ao “princípio de arredondamento”, quando o macho estende o encaixe fêmea, apertando até que a conexão possa segurar a pressão. Um veda-rosca é necessária para “selar”, mas apenas 2 voltas são suficientes.

Mais do que isso, pode vazar em torno da veda-rosca. Também chamada de rosca cônica, esse componente é mais usado em conexões de tubulações de água, gás, petróleo, entre outros. Por exemplo, ao rosquear uma conexão com a NPT em um furo com rosca, chegará um ponto em que o diâmetro da rosca ficará maior do que o furo, o que a fará travar/vedar o processo. A NPT é mais robusta e pode atender a requisitos mais elevados de pressão e confiabilidade. Ela deve ser executada apenas em tubos, cujos diâmetros externos sejam iguais aos indicados pela norma NBR 5590 (ANSI B36.10).

 

Conheça os três modelos de conexões Tupy

As conexões Tupy, com roscas BSP e NPT, são produzidas com diversos acabamentos de superfície e em conformidade com as normas nacionais e internacionais. Veja os três modelos:

150LBS BSP

As conexões TUPY BSP são produzidas em ferro maleável, em conformidade com as normas ABNT NBR 6590, ISO 5922 e EN 1542.

150LBS NPT

As conexões TUPY NPT-Média Pressão são produzidas em conformidade com as normas ABNT NBR 6590 e ASTM A 197 em ferro maleável preto.

300LBS NPT

As conexões TUPY NPT-Alta Pressão são produzidas em conformidade com as normas ABNT NBR 6590 e ASTM A 197 em ferro maleável preto.

 

Onde as conexões Tupy podem ser aplicadas?

Esse componente permite a condução de água, gás, vapor, óleo e aplicações hidráulicas, sendo capaz de suportar condições extremas contra a corrosão e desgaste. Seu uso é indicado nas indústrias: 

  • Elétrica. 
  • Automobilística. 
  • Ferroviária.
  • Sistemas de irrigação.

A Casa das Válvulas distribui as conexões Tupy em todo o território nacional. Entre em contato com a nossa equipe de consultores!

Deixe uma resposta