• +55 (31) 2565-2005 | +55 (31) 9 9342-0024
    comercial@casadasvalvulasmg.com.br

Manutenção industrial: 6 tendências para aplicar aos seus processos

Manutenção industrial: 6 tendências para aplicar aos seus processos

A manutenção industrial é vital para o bom funcionamento de qualquer máquina. Em busca de competitividade, bem como da excelência operacional, ela possui muito mais que o papel de correção e melhorias, assumindo uma função estratégica nas organizações.

Essa ação é a responsável direta pela disponibilidade dos ativos e tem uma importância capital nos resultados da empresa. No entanto, a forma com que é realizada a manutenção na sua empresa é que se torna o diferencial para atrair e manter seus clientes.

Sendo assim, mostraremos seis tendências para garantir uma boa manutenção industrial aos seus processos.

1. A manutenção industrial e os tipos

A manutenção industrial é um conjunto de ações e procedimentos necessários para manter ou restaurar uma peça, equipamento, máquina ou sistema, a fim de estabelecer uma condição operável, com a finalidade de alcançar máxima vida útil.

Os tipos de manutenção industrial são:

  • manutenção preventiva –para reduzir ou evitar falhas ou queda no desempenho;
  • manutenção preditiva – feita com base em modificação de parâmetro de condição ou desempenho;
  • manutenção detectiva – busca verificar falhas ocultas e não perceptivas;

2. Tendência na padronização dos procedimentos

Padronizar a manutenção será um fator fundamental, que é considerado, nos países mais competitivos, de suma importância para a otimização de custos e ganhos de competitividade.

Tal padronização permitirá que softwares de gestão da manutenção tomem as decisões sobre quais procedimentos devem ou não ser ativados. Isso permite que a própria máquina se programe para obter o melhor custo-benefício, se automonitore e até emita os pedidos de compra das respectivas peças de reposição, além de determinar as ordens de serviços para as devidas intervenções.

3. Gerente de Confiabilidade

Outra tendência que se vê nascer é o “Gerente de Confiabilidade”. Ele trabalhará focado na gestão integral dos ativos. A ideia é que seja um profissional com conhecimento profundo dos custos da manutenção e que atuará como financeiro, porém pensando como engenheiro.

4. Tecnologia integrada

A tecnologia fará parte vital da manutenção industrial. A tendência é a integração da tecnologia aos processos de manutenção e automação e seu uso frequente para alcançar uma padronização eficiente, permitindo monitorar, à distância, as máquinas e equipamentos críticos de uma fábrica. Esse monitoramento permite também enviar dados pela internet.

5. Treinamento específico

Mesmo com tanta tecnologia envolvida, é necessário o fator humano para operá-la e o treinamento de forma específica também é uma tendência, pois uma vez que os profissionais forem bem formados e capacitados para interpretar os dados, a competitividade será um dos ganhos significativos da empresa.

6. Contar com parceiros estratégicos

Por fim, para garantir os melhores resultados em sua manutenção industrial, é vital contar com parceiros estratégicos para o planejamento e execução de cada etapa dos serviços, como a Casa das Válvulas, onde você conta com consultoria especializada para a melhor escolha na reposição de peças, como conexões, válvulas e instrumentos, a fim de encontrar os produtos que melhor se adequem às suas necessidades, com maior resistência e menor custo, prolongando a vida útil dos sistemas.

Além disso, a Casa das Válvulas fornece produtos com máxima agilidade, aproveitando a parada da planta e otimizando os serviços de montagem e reposição, tudo com qualidade e garantia de serviço.

Quer conhecer mais sobre nossas soluções? Entre em contato e agende uma conversa com um de nossos consultores!

Deixe uma resposta