• +55 (31) 2565-2005 | +55 (31) 9 9342-0024
    comercial@casadasvalvulasmg.com.br

Válvula globo: o que é e quais as suas funcionalidades, aplicações e benefícios

Válvula globo: o que é e quais as suas funcionalidades, aplicações e benefícios

Apesar das incertezas econômicas, o Brasil continua sendo um grande polo consumidor de válvulas industriais, um segmento bem diversificado que apresenta opções específicas para cada setor industrial.

A válvula globo, por exemplo, é utilizada em setores hidráulicos, como os de petróleo e gás. Ainda na pré-pandemia, o estudo “Mercado de Válvulas de Petróleo e Gás: Análise Global da Indústria 2014–2018 e Avaliação de Oportunidades 2019-2029”, da Future Market Insights (FMI), revelou que este segmento crescerá nos próximos anos, passando de R$ 11 bilhões para R$ 16 bilhões até 2029. 

Entretanto, antes de adquirir uma válvula, é necessário esclarecer algumas dúvidas, explicando quais são as suas características, funções, tipos, aplicações e benefícios. Então, vamos lá. 

 

O que são as válvulas globo

Usadas para regular o fluxo em uma tubulação, as válvulas globo consistem em um elemento do tipo disco móvel e um banco de anel estacionário em um corpo, geralmente, esférico com as duas metades do corpo sendo separadas por um defletor interno. 

Neste tipo de válvula, a ficha é conectada a uma haste operada por ação de parafuso, a partir do uso de um volante em válvulas manuais. Mas em grandes aplicações industriais, ela pode ser selada por meio de sistemas pneumáticos, elétricos ou atuadores hidráulicos, em vez da utilização de um volante manual.

O anel sede e o obturador de uma válvula globo estão no meio do dispositivo e paralelos ao tubo, o que permite a abertura quando o volante é girado no sento anti-horário e seu fechamento no movimento inverso.

 

Quais são os tipos de válvula globo?

As válvulas globo são construídas em diversos tipos. A mais usada, entretanto, é a convencional, também conhecida como globo reta ou T. Mas há outros modelos, como a angular, Y ou 45°, aerodinâmicos, fundo de tanque, agulha e globo não retorno. 

Elas podem ser forjadas, fundidas, de ferro ou bronze e fabricadas com dois tipos de vedação (disco metálico ou em PTFE).

O primeiro é mais apropriado para fluidos líquidos e limpo. Já o de PTFE pode absorver alguma imperfeição causada por impurezas no fluido, além de oferecer vedações estanques e aumentar a vida útil da válvula, tendo compatibilidade com diversos fluidos.

 

Quais são as funções  da válvula globo?

As válvulas globo são mais adequadas para controlar ou impedir a vazão ou pressão de fluido de um determinado líquido ou de um gás através de um tubo ou sistema de distribuição. 

Elas cumprem bem este papel, em razão de sua abertura linear e o fechamento mais eficaz do seu obturador.

 

Onde podem ser aplicadas

Como as válvulas globo oferecem um bom controle para regular o fluxo de líquido ou gás, elas geralmente são utilizadas em operações frequentes de abertura e fechamento de linhas, como acontece com a indústria de gás e petróleo, a qual exige um efetivo controle de vazão em qualquer nível desejado.

 

Os benefícios das válvulas globo

Agora que você já conhece o que é uma válvula globo, tipos e funções, vamos falar sobre seus benefícios. Um deles é permitir uma regulagem eficiente do fluido com desgastes mínimos por erosão, tanto na sede quanto no obturador.

Caso o produto flua na mesma direção que o anel sede, ela ajuda no fechamento e, consequentemente, na vedação, mas tornará a abertura mais difícil. Inversamente, se o fluxo vai contra a direção do disco de obturação, será mais fácil abrir a válvula, mas dificultará o fechamento.

Outra vantagem é permitir o controle parcial do fluxo, além de possuir abertura e fechamento rápido de acordo com o seu tipo de acionamento. Possibilita ainda estanqueidade total, devido a sua forma construtiva, podendo, assim, ser utilizada em uma ampla faixa de pressão.

Interessado em saber mais detalhes sobre o universo das conexões? Entre em contato com a nossa equipe de consultores!

Deixe uma resposta