Quando você deve substituir uma válvula industrial?

Quando você deve substituir uma válvula industrial?

Após a instalação da válvula industrial, é importante cuidar e garantir sua manutenção adequada de forma contínua. No entanto, em muitos casos, mesmo quando você toma muito cuidado com as válvulas para se certificar de que funcionam corretamente, ainda pode haver casos em que elas precisam ser substituídas.

Isso pode acontecer quando as vedações são quebradas ou quando ocorre algum dano mais sério na válvula. Na verdade, pode haver vários motivos para trocar uma válvula industrial. O importante, no entanto, é estar atento ao procedimento que envolve a sua substituição. Vejamos algumas situações.

Quando o tamanho da válvula industrial é inadequado 

O cálculo incorreto do tamanho pode levar a válvulas subdimensionadas ou superdimensionadas. Isso é algo sério porque a passagem do fluxo depende do tamanho da válvula. Uma válvula superdimensionada pode diminuir a pressão do sistema, enquanto uma válvula subdimensionada pode causar gargalos.

Esse é um caso típico que cria a necessidade de substituição da válvula por outra mais adequada. Use calculadoras online para um melhor dimensionamento a fim de encontrar a válvula industrial de tamanho adequado.

Como ponto de referência, observe também o valor Kv encontrado na descrição do produto. Além disso, considere a taxa de fluxo necessária, bem como a faixa de queda de pressão.

Quando há incompatibilidade de material

O tipo de fluido, o material da sede e o material do corpo da válvula devem corresponder. Incompatibilidade significa que a válvula está mais sujeita a desgaste, trazendo diversas falhas e prejuízos.

Verifique a descrição do produto para o tipo de material usado para a sede e corpo da válvula. Eles devem seguir os padrões da indústria quanto ao fluido usado. Além disso, verifique se há danos à válvula se você suspeitar que houve um uso incorreto do material.

Quando há danos ao elastômero das válvulas

Os elastômeros são frequentemente usados como sedes de válvulas, gaxetas ou O-rings que atuam como vedação. Eles também estão presentes nos corpos de correias transportadoras, frequentemente utilizadas em diversas empresas para fazer o transporte de material a granel.

Por serem elásticos, são a escolha natural para aplicações de vedação. Isso também evita o contato do corpo da válvula industrial de metal com o fluido. Exemplos de elastômeros usados em aplicações industriais incluem nitrila, Aflas e Teflon.

O desgaste do elastômero é causado pelo movimento natural dos fluidos. Na maioria das vezes, a causa seria a incompatibilidade do elastômero com o produto transportado.

Se a vedação de elastômero apresentar amassados, rachaduras e similares já estiverem aparentes, substitua este componente. Além disso, verifique se há padrões de desgaste que acompanham o fluxo, isso significa que o produto é muito abrasivo.

Quando há desgaste da haste da válvula

Componentes menores, como a gaxeta da haste ou os parafusos da tampa, causam desgaste e rompimento da haste. Além disso, o movimento constante do disco da válvula, assim como o contato com fluidos corrosivos, também contribui para o desgaste da haste.

Nesses casos, para as válvulas menores, a única solução é substituí-las. No entanto, para válvulas maiores, a substituição não é a opção mais econômica.

Mas antes de cogitar a troca, verifique os outros componentes menores primeiro, como os prisioneiros, parafusos e caixas de vedação. A próxima etapa é verificar a haste se ela precisa de retrabalho ou substituição.

Quando ocorre cavitação na válvula industrial

A cavitação geralmente ocorre em válvulas de controle com fluido líquido. Dois fatores que contribuem para a cavitação são a velocidade do fluido e a queda de pressão. A cavitação ocorre quando há uma mudança nos níveis de pressão e na velocidade do fluido.

As bolhas se formam quando a pressão do líquido é inferior à pressão do vapor na válvula industrial. Essas bolhas de alguma forma interrompem o fluxo. Quando a pressão do líquido se recupera do nível reduzido, as bolhas entram em colapso, causando danos à válvula.

Essa é uma das situações que mais corrompem as válvulas, pois corroem as paredes internas condenando o equipamento.

Quando ocorre golpe de aríete

Golpe de aríete é a condição em que ocorrem picos de pressão abruptos na válvula. É uma das forças mais destrutivas que podem causar estragos no corpo da válvula e na tubulação em geral. Três fatores criam o golpe de aríete: quão rápido a válvula fecha, quão rápido é o líquido no momento em que a válvula se fecha e qual é a onda de pressão ao longo do tubo.

Outros fatores importantes que contribuem para esse fenômeno são a espessura da cavidade interna da válvula, a resistência do tubo e a pressão do meio.

Quando a pressão e temperatura excedem os parâmetros exigidos

Uma válvula industrial tem requisitos específicos de pressão e temperatura. Ir além do que a válvula pode suportar pode danificá-la de forma que não haja outra solução a não ser a substituição.

Antes da instalação, verifique os requisitos do produto para garantir que não ocorra aumento de pressão e temperatura. A manutenção de rotina e os reparos são importantes. Substitua as peças danificadas devido ao aumento da temperatura e danos à pressão antes que todo o conjunto seja comprometido.

Quando o atuador está com defeito

Os atuadores vêm em três formas: manuais, alimentados ou automáticos. Atuadores gerenciam a entrada e saída do fluido, pressão e temperatura. Dito isso, escolher o atuador errado encurta a vida útil da válvula industrial porque ela se desgasta facilmente.

O uso incorreto da tensão pode causar superaquecimento. Não só o superaquecimento pode causar incêndio, mas também pode danificar totalmente o atuador.

Como evitar substituir uma válvula industrial

A substituição de uma válvula é algo muito caro. É por isso que obter válvulas robustas e com qualidade, que tenham certificações de segurança relevantes é mais que uma obrigação. Sempre verifique as válvulas ao primeiro sinal de dano, repare o que precisa ser consertado e substitua as peças danificadas.

E pensando em sempre oferecer os melhores equipamentos do mercado, a Casa das Válvulas possui um inventário de mais de 4.000 itens, totalizando aproximadamente 150.000 válvulas nacionais e importadas e conexões à pronta-entrega.

Por isso, você pode sempre contar com o apoio de nossa equipe de especialistas, para te orientar na escolha do melhor modelo e material!

Deixe uma resposta

*